Narcisista X Baixa Autoestima? Como você se sente?

narcisismo

O conceito de NARCISISMO tem sido ao longo dos anos muito estudado por psicólogos e especialistas e muitas vezes ainda é alvo de muita confusão e desconhecimento.

O ser NARCISITA é descrito como a pessoa com excessivo amor a si mesmo, vaidosa, orgulhosa, prepotente ao extremo.

No entanto, o que muitos desconhecem é que o NARCISISMO pode esconder justamente o contrário.

O sentimento NARCÍSICO tem na verdade origens básicas na falta de amor próprio suficiente para que a pessoa possa ser mais equilibrada e tenha segurança pessoal na sua vida.

É uma condição danosa à saúde psicológica pois é originado de um sentimento de extrema baixa autoestima.

Na personalidade narcísica, os sentimentos de inferioridade são compensados por sentimentos de grandiosidade, imponência e exibicionismo, que permitem compor uma imagem através de elementos visuais, na tentativa de “enfraquecer” a imagem negativa que o sujeito tem de si próprio.

O processo de compensação narcísica pela grandiosidade e pela exaltação da autoimagem é como um prémio de consolação pelo fato de muito provavelmente a pessoa não se ter sentido suficientemente amada e admirada na infância e todas as suas ações vão acabar girando em torno da necessidade de reparar o insuficiente investimento que recebeu e recebe dos outros.

Os psicólogos e terapeutas que trabalham com personalidades NARCISITAS geralmente descobrem algum tipo abuso na infância, pouco amor ou algum outro trauma que leva à baixa autoestima ou ao ódio-próprio – exatamente o tipo de buraco emocional que a grandiosidade patológica busca preencher.

É necessário trabalhar a autoestima para que cada vez mais a pessoa possa se fortalecer e necessitar cada vez menos da aprovação e admiração alheia..

Os pilares para a reconstrução da autoestima estão muito ligados a:

  • Tornar-se atento e consciente das próprias emoções, sentimentos, sensações, necessidades corporais e psíquicas;
  • Relacionar-se respeitosa e amorosamente consigo mesmo e com os outros;
  • Cuidar de si, aprender a criar pensamentos e sentimentos positivos; ser amigo de si mesmo;
  • Estar ligado a uma rede de relacionamentos positivos, incluindo uma relação satisfatória com o parceiro, com a família e amigos, afastando-se de pessoas nocivas.

Não há cura conhecida para o transtorno de personalidade NARCISITA, mas a psicoterapia pode ajudar a pessoa a aprender a se relacionar com os outros de uma forma mais positiva e gratificante.

A psicoterapia de longo prazo tenta fornecer a pessoa um maior conhecimento sobre os seus problemas e tem como objetivo o desenvolvimento de uma melhor expectativa de auto-estima e uma visão mais realista sobre si e sobre os outros.

Sergio Castillo
Clínica Grand House
www.grandhouse.com.br
Tel: 4483 4684 / 4483 4524

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s